quinta-feira, 5 de setembro de 2013

GOVERNADOR ANASTASIA EM CURVELO AUTORIZA PAVIMENTAÇÃO, ASFALTAMENTO, ENTRE CURVELO E CORDISBURGO APROXIMANDO AS CIDADES DE SETE LAGOAS. O PREFEITO MAURÍLIO GUIMARÃES APLAUDIU: "ELA LIGARÁ A MG-259 A BR 040 - PROGRAMA CAMINHOS DE MINAS - ESTRADA DIMINUI TRAJETO EM 20 QUILÔMETROS ENTRE SETE LAGOAS E CURVELO

Governo de Minas dá prosseguimento às ações do Programa Caminhos de Minas, agora com a implantação e a pavimentação do trecho Curvelo – Cordisburgo, da rodovia LMG-754, e da Avenida Brasil, em Curvelo, na região Central. O início das obras foi determinado pelo governador Antonio Anastasia nesta quinta-feira (5), durante evento em Curvelo. O investimento, no trecho de 40,25 quilômetros e nos 2,70 quilômetros da Avenida Brasil, é de R$ 77,8 milhões, incluindo, além da obra, supervisão e desapropriações.  
O governador ressaltou que o asfaltamento desta estrada é um compromisso que está sendo resgatado. "Compromisso feito, compromisso cumprido. Tenho certeza que essas obras não só darão mais segurança para quem faz este trajeto, como, ao mesmo tempo, trarão mais qualidade de vida aos habitantes de Curvelo, de Cordisburgo e para todos da região que trafegam por esta estrada, que, daqui a pouco, estará asfaltada, beneficiando uma região cada vez mais vocacionada para o turismo", disse Antonio Anastasia.
O Caminhos de Minas vai possibilitar maior integração ao encurtar distâncias e diminuir custos de transporte, com reflexo direto no desempenho da economia mineira. A redução no tempo de deslocamento de pessoas, bens e cargas é fator determinante para a melhoria da qualidade de vida dos moradores das regiões beneficiadas, dos que visitam o Estado ou daqueles que precisam utilizar a infraestrutura rodoviária mineira.
Além de beneficiar diretamente a população dos municípios de Curvelo e Cordisburgo (em torno de 85 mil pessoas), a pavimentação do trecho vai encurtar em cerca de 20 quilômetros o trajeto Curvelo – Sete Lagoas, ou Curvelo – Belo Horizonte. O trecho também facilita o acesso de quem vem do Norte de Minas e do Vale do Jequitinhonha para a região Central. Além disso, vai diminuir o tráfego de veículos nas BRs 135 e 040, aumentando a segurança dos motoristas.
Turismo
A pavimentação do trecho também busca fomentar o turismo na região de Cordisburgo, terra do escritor Guimarães Rosa e município que abriga o atrativo natural Gruta do Maquiné. Em agosto deste ano, o governador Antonio Anastasia inaugurou o Museu da Gruta, um dos marcos da Rota das Grutas Peter Lund, projeto inspirado na trajetória do naturalista dinamarquês Peter Wilhelm Lund, no qual o Governo de Minas investiu R$ 2,9 milhões.
"Essas obras são sonho da população de Curvelo e tenho certeza que esta estrada trará muitos outros benefícios. Essa obra vai ligar muito mais do que Curvelo a Cordisburgo. Ela ligará a MG-259 a BR-040. Ela vai ser indutora do turismo na nossa região e vai aproximar muito mais Curvelo e Cordisburgo de Sete Lagoas. Então, esta obra é extremamente importante para toda região ", destacou o prefeito de Curvelo, Maurílio Guimarães.
O prefeito de Cordisburgo, Joaquim Ildeu Santana, também expressou sua satisfação com a ordem de início das obras de asfaltamento da estrada. "Hoje, completa um sonho para nossa região, um sonho de muitos anos e graças ao nosso governador está sendo concretizada a ligação entre Cordisburgo e Curvelo, nossa cidade co-irmã. Será um grande beneficio porque as duas cidades se tornarão um único polo turístico e de desenvolvimento. Obrigado, governador, por tudo que tem feito pela nossa região", agradeceu.
O programa busca impulsionar a comunicação nas diversas regiões do Estado e entre uma e outra, além de desviar tráfego das rodovias troncais, o que fará com que aqueles que trafegarem por todas as rodovias mineiras façam com mais segurança, tranquilidade e rapidez.
Também participaram da solenidade o secretário de Transporte e Obras Públicas, Carlos Melles, e o secretário de Turismo, Agostinho Patrus, além de deputados e prefeitos da região.
O programa
O Caminhos de Minas, lançado em 2010, tem como objetivo ampliar e melhorar a infraestrutura logística dos municípios e regiões. É o maior programa rodoviário da história de Minas Gerais, envolvendo obras em aproximadamente 7,8 mil quilômetros de rodovias, distribuídos por 242 trechos, beneficiando diretamente 306 municípios e 7,3 milhões de mineiros.
Para viabilização do programa, o Governo de Minas está utilizando recursos próprios e financiamentos junto a organismos multilaterais de fomento. Por meio do Caminho de Minas, estão previstas a pavimentação de nove trechos na região de Curvelo e Cordisburgo, totalizando 250,7 quilômetros.
Postar um comentário