VISITE ANTES DO LANÇAMENTO PARA CONHECER E ESCOLHER O SEU LOTE

terça-feira, 3 de setembro de 2013

ELEIÇÃO PARA GOVERNO DE MINAS EM 2014 - CENÁRIO, CANDIDATOS, ARTICULAÇÕES, COSTURAS, NOTÍCIAS, NOMES PARA DISPUTA, QUEM SERÃO OS CANDIDATOS A GOVERNADOR DE MINAS MG

Prefeito Marcio Lacerda se diz honrado em ser cotado para governador de Minas Gerais

A afirmativa foi feita pelo próprio prefeito da capital durante o Fórum Liberdade e Democracia, nesse domingo (01), no Palácio das Artes.

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
PUBLICADO EM 02/09/13 - 21h10
O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), disse neste domingo (01) que não está em seu “projeto de vida” se candidatar ao governo do Estado no ano que vem. Apesar de negar mais uma vez, o socialista disse que se sente honrado em ser cotado para a disputa. “Significa que há aceitação, aprovação razoável (da gestão dele na prefeitura)”, afirmou.

As declarações foram feitas durante o Fórum Liberdade e Democracia, no Palácio das Artes. O governador de Minas, Antonio Anastasia (PSDB), também participou da abertura dos debates com centenas de jovens.
O nome de Lacerda figura entre os mais cotados para selar a aliança entre o PSDB do senador Aécio Neves e o PSB, presidido pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Contudo, desde a primeira vez que sua candidatura foi ventilada, Lacerda tem repetido que não faz parte de seus planos deixar a prefeitura da capital antes de 2016.
Outro motivo para a recusa é a proximidade do prefeito com o ministro do Desenvolvimento e pré-candidato ao governo do Estado, Fernando Pimentel (PT). Lacerda quer evitar subir em palanque oposto ao do petista.
Na semana passada, Aécio e Campos se encontraram para traçar estratégias que possibilitem às duas siglas caminharem juntas em 2014, o que envolveria palanques duplos em alguns Estados e acordo de apoio em eventual segundo turno na disputa presidencial.
O governador Anastasia também manteve o discurso de que ainda é cedo para falar em nomes para sucedê-lo no Palácio Tiradentes.
Sobre a predileção de Aécio por um candidato tucano, que seria o ex-ministro Pimenta da Veiga, Anastasia disse que é preciso “aguardar a definição nacional”.
Postar um comentário