domingo, 11 de maio de 2014

MÃE, FAMÍLIA, ORIGEM

Dia da mãe é o dia que a gente se volta para nossa origem, para casa da gente, para família. Pois bem, possuo uma história pessoal diferente da maioria de vocês e próxima da de alguns poucos, creio. Segue um pequenino trailer: . 
Tenho uma história de vida na minha infância marcada pela descontinuidade, perda, bruscas rupturas e outras emoções até mais intensas, para não dizer mais dolorosas. Sou filho desta senhora - primeira foto - e fui criado por um amoroso casal - que me deu uma forte educação de princípios e valores - até que eu os perdesse ainda na infância (dor extrema, infelizmente não tenho foto), fui então morar com a minha mãe biológica - uma estranha, então, pra mim -, que não dispunha das condições para tal. Depois de viver outras emoções mais fortes nesta caminhada acidentada tive o apoio de um pessoal holandês e me eduquei formalmente. Quem me ajudou muito em alguns dos momentos difíceis foram estas pessoas das outras fotos, Nazinha e Jonas (esposa e esposo) e Nair - todos moram em Betim. Eles foram uma parte da minha família - a outra parte conheci já adulto. A foto com a minha mãe biológica (1ª) e com Nazinha (3ª) foram tiradas em minha ida hoje a Betim e a com o querido Jonas e Nazinha no feriado do dia 21 de Abril.





Postar um comentário