quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Carta ao eleitor


Caro cidadão,

Meu propósito é continuar a luta em favor de uma cidade moderna, humana e estruturada. Para isso, vou desempenhar um forte papel político em defesa da sociedade na Câmara, a exemplo do que já faço como cidadão politizado, atuante e bem articulado junto às lideranças.

 Serei um parlamentar de atuação independente, saberei erguer a maior das muralhas se algo atinar contra a população, mas também terei o discernimento e coragem para defender as propostas austeras e saneadoras. Trabalharei por uma máquina administrativa competente e profissional que reconheça o valor de nossos servidores públicos. E a minha atuação se baseará em princípios do estado democrático e de direito, da liberdade, da livre iniciativa, da busca incansável pela justiça. Possuo uma visão clara do futuro grandioso que pode ter a nossa Sete Lagoas dentro do contexto regional, estadual, nacional e por que não mundial e a nessecidade da realização de profundas tranformações para alcançarmos este futuro.

 Serei um vereador de toda Sete Lagoas, lutando pela universalização do progresso e da infraestrutura, melhorando cada rua de cada bairro, que por mais afastado que ele esteja, merece a nossa atenção.

 Vamos ajudar a criar um ambiente de negócios favorável ao investimento abrindo a cidade, desburocratizando a máquina pública e acabando com a hostilidade ao bom investidor. Na outra frente, teremos um trabalho obstinado para melhorar a cidade nos bens básicos e fundamentais: estruturação da Educação, Saúde, Saneamento, Trânsito, Segurança, Assistência,a melhoria e o barateamento do Transporte.

 Enfim, continuarei a ser essa pessoa acessível, prestativa e servidora que faz das questões de interesse público, grandes ou pequenas as minhas causas pessoais para que nossa gente possa progredir e nossa cidade avançar.

 A cidade sempre pôde contar comigo para lutar e fazer as coisas acontecerem!
E neste momento, eu conto com o seu apoio e a sua confiança.

Leonardo Barros

Postar um comentário