sexta-feira, 15 de abril de 2011

Alckmin vê com 'grande preocupação' alta da inflação

por r GUSTAVO URIBE - Agência Estado

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse hoje que vê com "grande preocupação" a escalada dos índices inflacionários, que, segundo ele, atinge principalmente os brasileiros mais pobres. Em março, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), registrou alta de 0,79%, superando as projeções do mercado. No acumulado dos últimos doze meses até março, o indicador subiu 6,30%, aproximando-se do teto da meta da inflação, cujo centro é de 4,50%. "É uma grande preocupação. Nós temos tido nos últimos tempos um índice inflacionário acima das metas estabelecidas", disse. "É uma inflação que atinge a população mais pobre e a inflação de alimentos tem sido maior que o índice de preços, o que nos preocupa."

O IPCA de março, de 0,79%, foi puxado principalmente por alimentos. O governador paulista afirmou que a ação do governo Dilma Rousseff para controlar a inflação não deve se pautar apenas pela política monetária, mas deve englobar medidas fiscais. "A macroeconomia não pode ser apenas com política monetária. Ela tem de ter política fiscal, ou seja, receita e despesa", disse. O governador sugeriu também alterações na carga tributária brasileira para auxiliar a conter a inflação. 

Postar um comentário