domingo, 13 de janeiro de 2013

"Como eu gostaria que fosse lembrado":

“Tudo isso está sendo feito para termos empregos de qualidade e diversificarmos a economia do nosso Estado, que é a minha obsessão número um. Se alguém me perguntar, como governador, como eu gostaria que fosse lembrado daqui a 30 anos, eu respondo com tranqüilidade: como aquele que deu início a um processo – claro que não vai se concluir em um mandato de quatro anos – de diversificação da economia de Minas Gerais”, concluiu Antonio Anastasia.
Postar um comentário